campanha

HC participa de campanha contra o câncer de cabeça e pescoço

O Hospital de Clínicas da Unicamp participou, no dia 27 de julho, da Campanha Internacional pelo Dia Mundial do Câncer de Cabeça e Pescoço. O objetivo foi conscientizar a população sobre as doenças, principais fatores de risco e formas de prevenção. Por ano, o HC realiza cerca de 4 mil consultas no ambulatório de cabeça e pescoço e cerca de 30% dos casos são suspeitos de câncer.

Dia 25 tem alerta sobre imuno-deficiência primária congênita

Para ampliar a conscientização da população sobre as imunodeficiências primárias (IDPs) e alertar para os principais sinais da doença, a equipe de atenção à saúde do paciente com IDP participou, no dia 25 de abril, da campanha mundial “Global Ballons and Bubbles Launch”, em parceria com a Jeffrey Modell Foundation. As IDPs são causadas por defeitos congênitos no sistema imunitário.

 

Campanha no HC alerta para câncer de cabeça e pescoço

Ao ano o HC realiza cerca de 4 mil consultas no ambulatório de cabeça e pescoço, 30% casos suspeitos de câncer. Os principais fatores de risco para o aparecimento dos tumores são o uso de cigarro e álcool, sexo oral sem proteção, a falta de informação e de cuidados pessoais. Alguns dos sintomas são de fácil detecção, por exemplo, quando o tumor atinge as cordas vocais, pode causar rouquidão e dificuldade ao engolir.

Atletas do Vôlei Campinas no Hemocentro

O Hemocentro da Unicamp recebeu nesta manhã atletas do Vôlei masculino de Campinas, atualmente parceiros da Brasil Kirin. Os jogadores se mobilizaram em prol da campanha “Eu dou sangue pelo Brasil” e compareceram ao local para realizar doações pela 2ª vez na unidade, a primeira aconteceu em 2013. O objetivo da campanha é estimular e inspirar a população a tornar a doação em rotina.

Páginas