Manoel Bertolo lança livro em evento médico científico

Foi lançado durante o Encontro de Reumatologia Avançada, em São Paulo, a 5ª edição do livro Reumatologia: Diagnóstico e Tratamento, que tem entre os autores, o professor Manoel Barros Bértolo, diretor executivo da Área da Saúde da Unicamp. A publicação tem ainda a participação dos docentes da UFMG Marco Antônio P. Carvalho, Cristina Costa Duarte Lanna e Gilda Aparecida Ferreira.

Médico participa de fellowship no Johns Hopkins University

O médico Thiago Quinaglia do Serviço de Ecocardiografia do Hospital de Clínicas da Unicamp foi escolhido para um programa de Research Fellowship nos Estados Unidos, oferecido pelo Departamento de Imagem Cardiovascular da Sociedade Brasileira de Cardiologia (DIC/SBC). O programa de aperfeiçoamento será no Johns Hopkins University, na área de imagem cardiovascular por um período de 12 meses.

​Unidade Respiratória assegura prêmio em congresso Lean

A Unidade Respiratória do Hospital de Clínicas foi agraciada no dia 10 de maio, com o prêmio de melhor trabalho em A3, no VIII Lean Six Sigma Congress, realizado no Rio de Janeiro. O trabalho premiado foi realizado buscando as soluções e a melhoria contínua na padronização das atividades na área, que atua 24 horas e é responsável por mais de 850 equipamentos de alto valor de mercado.

Unicamp obtém licenciamento da Cetesb para áreas da saúde

A Unicamp recebeu, da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), a Licença de Operação (LO) para as unidades: Hospital de Clínicas, Faculdade de Ciências Médicas, Hospital da Mulher Prof. Dr. José Aristodemo Pinotti (Caism), Centro de Diagnóstico do Aparelho Digestivo (Gastrocentro), Centro de Hematologia e Hemoterapia da Unicamp (Hemocentro),  Cecom e Instituto de Biologia.

HC inaugura nova UTI pediátrica com 20 leitos

O reitor da Unicamp Marcelo Knobel, o superintendente do HC da Unicamp, Antonio Gonçalves Filho e o deputado estadual Barros Munhoz inauguraram nesta quarta-feira (17-04), a nova UTI Pediátrica do hospital com 20 leitos. As obras para duplicar a capacidade - 10 para 20 - começaram em 2015 e custaram R$ 3,4 milhões com recursos da reitoria da Universidade assegurados na gestão Tadeu Jorge.

Páginas