NOTA À IMPRENSA

A Superintendência do Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas informa que a Unidade de Emergência Referenciada (UER) do hospital está trabalhando acima de capacidade máxima, muito próxima do limite humano, da área física, de equipamentos e de recursos materiais, principalmente os de emergência.
 
Diante desse cenário e de um problema estrutural na rede de água e esgoto, identificado nesta segunda-feira (13/10), a Superintendência do hospital orientou a Central de Regulação de Vagas, SAMU, Corpo de Bombeiros e resgate de concessionárias para não encaminharem pacientes para o hospital.

Hoje a UER está 70% acima de sua capacidade estabelecida, a maioria de pacientes graves (VERMELHO e AMARELO) aguardando internação. A Superintendência do HC ressalta, que caso a situação se mantenha, poderá haver comprometimento da qualidade da assistência.
 
A instituição reafirma sua finalidade para atendimento de casos graves referenciados de toda a região e vai orientar que pacientes de menor complexidade que procurem suas unidades básicas de saúde ou os Pronto Atendimentos de referência da região de origem. De qualquer forma, os pacientes com classificação de risco VERDE e AZUL, que optarem por aguardar, serão atendidos após a normalização do fluxo de emergência e do problema na rede.

A Superintendência do Hospital de Clínicas da Unicamp esclarece que toda a equipe da UER não tem medido esforços para prestar um atendimento digno aos pacientes recebidos na unidade, e por isso conta com a compreensão da população até que a situação se normalize.
 
Campinas, 13 de outubro de 2014
Assessoria de Imprensa do Hospital de Clínicas da Unicamp

Share/Save