9º Encontro de enfermagem discute esterilização de materiais e centro cirurgico

(11/09/2008) Foi aberto nesta quinta-feira, 11, o 9º Encontro de Enfermagem em centro cirúrgico e centro de material e esterilização, organizado pela área de saúde da Unicamp em parceira com a Puc Campinas, Unip Campinas, Unifeob de São João da Boa Vista e Hospital municipal Dr. Mário Gatti. Sob coordenação da enfermeira da central de material e esterilização do HC da Unicamp, Maria Cristina Quelhas e da enfermeira do trabalho do Caism, Janice Veiga, o curso tem como principal objetivo discutir não só a atuação dos profissionais de saúde envolvidos nos processos de centro cirúrgico e de esterilizarão, mas também novas tecnologias e técnicas.

Segundo Maria Cristina, a diversidade de profissionais presentes no curso irá possibilitar a troca e soma de conhecimentos. A enfermeira lembrou a constante exposição na mídia de casos de infecção hospitalar e, por isso, julga importante debater o assunto entre profissionais da área e também com a sociedade. A enfermeira Vera Nishide, diretora do departamento de enfermagem do HC esteve na abertura do curso e destacou a necessidade de atualizar e capacitar equipes de centro cirúrgico e central de materiais. “Tanto centro cirúrgico, quanto a central de materiais exigem muita tecnologia em seus procedimentos. É preciso dedicação e conhecimento dos funcionários para que o atendimento seja de qualidade”, afirmou Vera.

 secretário municipal de saúde de Campinas, José Francisco Kerr Saraiva, disse durante a cerimônia que a cidade de Campinas é privilegiada pela pluralidade acadêmica e pela possibilidade de os conhecimentos produzidos nestas universidades serem aplicados em benefício da população, principalmente na área de saúde. Kerr elogiou ainda o oportunismo do evento em discutir temas relevantes. “A infecção é um dos maiores fantasmas enfrentados pelos hospitais. Esterilizar materiais melhora o atendimento ao paciente, diminui o sofrimento de quem é atendido e reduz custos para o setor de saúde com outros procedimentos”, afirmou Saraiva.

Fernando Costa, coordenador geral da Unicamp, ressaltou a importância de a universidade sediar um encontro como o 9º Encontro de Enfermagem em centro cirúrgico e centro de material e esterilização, por permitir a troca de conhecimento entre entidades de ensino, que será refletido posteriormente na sociedade. “A área de saúde da Unicamp tem grande impacto social, a universidade é conhecida em todo o Brasil por seus hospitais. Por este motivo, é fundamental incentivar a pesquisa e a produção de conhecimento. Discutir melhorias em saúde e políticas públicas traz reflexos práticos e positivos para a comunidade” enfatizou.

O 9º encontro de enfermagem terá programação nos dias 11 e 12 de setembro, com palestras e mesas-redondas. Dentre os temas abordados estão a atuação do enfermeiro no centro cirúrgico e centro de material e esterilização, gerenciamento de riscos em centro cirúrgico, como inspecionar a qualidade da fabricação de instrumentais cirúrgicos, novas tendências em limpeza de artigos, entre outros.

 

Caius Lucilius com Gláucia Santiago
Assessoria de Imprensa do HC Unicamp

           

Share/Save