Ministério da Saúde aprova recursos para aquisição de software de radioterapia

Software será usado no Acelerador Linear e aumentará precisão dos tratamentos

(28/06/2006) - O Ministério da Saúde aprovou a liberação de R$ 454 mil para a aquisição do Sistema de Planejamento Computadorizado Tridimensional, que vai completar o pacote tecnológico do Acelerador Linear Clinac 2100C do Serviço de Radioterapia do HC da Unicamp. O sistema permite reconstruir, em imagens tridimensionais, a região do corpo estudada e planejar as aplicações de radiação nos tratamentos. O aumento da precisão, com doses concentradas de radiação no tumor, possibilita uma maior preservação de tecidos e órgãos sadios próximos ao local irradiado, além de menores efeitos colaterais aos pacientes.

O Acelerador Linear do Hospital de Clínicas da Unicamp, adquirido com recursos do Ministério da Saúde, custou US$ 1,2 milhão e começou a funcionar em julho de 2002. O equipamento de última geração melhorou consideravelmente o fluxo de pacientes para tratamento, sendo um dos poucos no país a disponibilizar radiações de fótons e elétrons. Desde a instalação do Acelerador Linear, o Serviço de Radioterapia duplicou o atendimento a pacientes oncológicos. O equipamento pode ter diversos aplicativos e um deles é Irradiação Total da Pele (TSI), o único no país a dispor dessa tecnologia que realiza atendimento pelo SUS.

Segundo o médico Eduardo Baldon Pereira, diretor técnico do Serviço de Radioterapia do HC da Unicamp, o novo sistema tridimensional enquadra definitivamente o serviço do hospital, entre os melhores do país e do exterior, principalmente pela boa produção. Em média são 65 tratamentos/dia, 35 consultas/dia e cerca de 600 pacientes novos por ano em tratamento somente com o Acelerador Linear. “A principal vantagem desse sistema que faltava ao equipamento é o aumento da qualidade de tratamento, graças a precisão da irradiação que maximiza a chance de destruição do tumor e aumenta a probabilidade de cura do paciente”, explica o radioterapeuta.

As principais doenças tratadas através do Acelerador Linear são canceres de próstata - uma das doenças mais tratadas, pulmão, esôfago, estômago, pele, reto, cabeça-pescoço, linfomas (doenças hematológicas), sistema nervoso central (cérebro) e sarcomas de partes moles.

O Clinac 2100C é um acelerador linear capaz de emitir diversos feixes de radiação: Raios-X de 6 MV e de 18 MV, além de elétrons de 4 MeV, 6 MeV, 9 MeV, 12 MeV e 16 MeV. O aparelho permite ao médico radioterapeuta a seleção do tipo de radiação mais adequada para cada caso, de acordo com a profundidade da lesão. Além disso, o Clinac 2100C é dotado de multi-leaf de 52 lâminas, capazes de ajustar o campo de tratamento ao formato da lesão a ser tratada.

Serviço de Radioterapia do HC-Unicamp funciona em período integral, das 7:00 as 18:00 horas, atendendo exclusivamente beneficiários do Sistema Único de Saúde (SUS). Esse Serviço recebe para tratamento pacientes de toda a macrorregião de Campinas e DIR XII (aprox. 3.000.000 habitantes), além do Sul de Minas Gerais e outros Estados e centros especializados como o Instituto Nacional do Câncer – INCA , do Rio de Janeiro.

 

Caius Lucilius
Assessoria de Imprensa do HC UNICAMP

Share/Save