HC participa do Dia Mundial sem Tabaco

(01/06/2006) O Hospital de Clínicas da Unicamp participou das comemorações pelo Dia Mundial sem Tabaco (31 de maio), com atividades no Shopping Parque D. Pedro. O evento “Respire e Viva” foi coordenado pelas médicas pneumologistas Ana Maria Camino e Mônica Corso, com objetivo de alertar as pessoas sobre os perigos da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC). Mais de 100 pessoas visitaram o estande, e respondendo questionários e realizando um teste simplificado de função pulmonar para diagnóstico de DPOC.

Nas comemorações pelo Dia Mundial Sem Tabaco deste ano, a Organização Mundial da Saúde - OMS escolheu o tema “Tabaco: mortal sob todas as formas e disfarces”, para denunciar as estratégias dos fabricantes de cigarros para aumentar as vendas desses produtos. O objetivo foi chamar a atenção da população para o fato de que os produtos derivados do tabaco, independentemente de suas formas e disfarces, são igualmente danosos à saúde.

A OMS ressalta que o consumo de tabaco aumenta o risco de doenças neoplásicas, cardiovasculares e respiratórias, entre outras, inclusive os cigarros light, suave, baixos teores, que causam tantos males como o cigarro comum. Essas informações são cruciais para que a população e a sociedade civil organizada possam apoiar o governo na implementação de medidas de regulação rigorosa destes produtos.

Segundo o profª Ana Camino a DPOC é uma doença pulmonar, geralmente progressiva, que se caracteriza pela presença de sintomas respiratórios crônicos (tosse, produção de catarro e falta de ar), que surge, geralmente, após os 40 anos, em pacientes que fumaram por um longo período. O termo DPOC engloba o enfisema pulmonar e a bronquite crônica. “Fumantes e ex-fumantes devem realizar esse exame que é uma forma de verificar se há necessidade de tratamento”, disse a penumologista.

A cada ano, a Organização Mundial da Saúde articula em todo o mundo a comemoração do Dia Mundial sem Tabaco (31 de maio), definindo um tema correlato ao tabagismo a ser abordado pelos seus 192 países membros. A finalidade é evidenciar as várias interfaces ou problemáticas do consumo de tabaco e, assim, engajar diferentes atores sociais no controle do tabagismo.

O evento no Shopping Parque D. Pedro teve o apoio da Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia e patrocínio dos laboratórios Pfizer e Boehringer. Para saber mais sobre o programa, acesse o site.

 

Caius Lucilius
Assessoria de Imprensa do HC UNICAMP

Share/Save