Em seis meses, HC da Unicamp aumenta número de transplantes

(25/11/2008) Segundo dados da Organização de Procura de Órgãos (OPO), localizada no Hospita de Clínicas (HC) da Unicamp, o número de transplantes na região aumentou, no primeiro semestre, de 132 em 2007 para 143 neste ano. Houve, de acordo com o responsável pela OPO, o neurocirurgião Helder José Lessa Zambelli, um aumento significativo graças ao efetivo trabalho da OPO, particularmente nas campanhas permanentes, e da Secretaria Estadual de Saúde. Ele atribui ainda o fato a uma melhor qualificação de recursos humanos que atuam na área e em informática.

Helder acredita que fatos pontuais de comoção nacional melhoram a captação de órgãos, mas tais dados são difíceis de serem quantificados e vinculados às notificações gerais. Lembrou que a captação abrange múltiplos órgãos e que em breve o HC terá uma nova Unidade de Transplante, centralizando o trabalho de captações.

O HC da Unicamp já realizou mais de quatro mil transplantes até o momento, é referência no Brasil e tem a maior OPO do interior de São Paulo. Realiza transplantes de rim, fígado, coração, córnea e pâncreas. Em 2009, está previsto que fará também os transplantes de pulmão.

 

Isabel Gardenal
Assessoria de Imprensa do UNICAMP

Share/Save