HC lança programa “HC 100% livre do Tabaco”

30/05/2008 - A Superintendência do HC da Unicamp e a Comissão HC Livre do Tabaco, composta por uma equipe multiprofissional do hospital, lançaram nesta sexta-feira, 30 de maio, o Programa HC 100% livre do Tabaco. Este ano, o tema definido pela Organização Mundial de Saúde, OMS, para comemorar o dia 31 de maio, Dia Mundial sem Tabaco, é “Ambientes 100% Livres da Fumaça do Tabaco – Um Direito de Todos”. O objetivo do programa no HC é erradicar o fumo nas dependências do hospital, além de conscientizar os públicos interno e externo quanto aos problemas de saúde decorrentes do tabagismo.

O lançamento do programa contou com a presença da Prof.ª Roberta de Betânia Caixeta, representante da Unidade de Promoção de Saúde da Organização Pan-americana de Saúde (OPAS), ligada à OMS e profissional nacional da Unidade Técnica de Promoção da Saúde, Área de tabaco – OPAS – OMS, representantes da Comissão HC livre do Tabaco, do Dr. Manoel Barros Bértolo, coordenador de Assistência do HC e representante da Superintendência do hospital, entre outros representantes de instituições que apóiam o programa.

Manuel Bértolo ressaltou que o programa não tem como objetivo punir os fumantes que trabalham e circulam pelo HC, mas sim a intenção de orientá-los a respeitar o ambiente hospitalar. Já a Profª Roberta observou a importância de orientar jovens em campanhas contra o tabagismo, uma vez que, segundo dados da OMS, há um crescimento no tabagismo entre mulheres jovens, sendo que o consumo do cigarro se inicia por volta dos 15 anos de idade. Roberta ressaltou ainda que o HC “sai na frente” de outras instituições de saúde ao lançar o HC 100% livre do Tabaco, sendo exemplo para hospitais de outros municípios, principalmente os municípios potencialmente saudáveis.

Participaram também do lançamento do projeto Ana Maria Sperandio, médica e pesquisadora colaboradora do Depto de Medicina Preventiva e Social da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp (FCM) e Coordenadora do Comitê de Ambientes Livres do Tabaco da Rede de Municípios Potencialmente Saudáveis e Celina Matiko Higa, representante da comissão HC 100% livre de tabaco. Além disso, foi feita distribuição de folhetos educativos da campanha nacional de ambientes livres de tabaco e ainda a apresentação do violinista Dalton Nunes e da contadora de Estórias Elaine Cristina Villalba de Moraes, do Griots.

Segundo Celina Higa, o programa irá oferecer oficinas e atendimento especial aos funcionários do HC que desejam largar o cigarro. O tabagismo é considerado um problema de saúde pública e apresenta conseqüências alarmantes: pode matar um a cada dois fumantes, sua dependência resulta em doenças como câncer de pulmão, câncer de língua, boca e seios da face, abortos, asma, entre outras. Além disso, o tabagismo também causa prejuízos econômicos aos usuários e aos serviços de saúde, sendo ainda nocivo aos não fumantes e ao meio ambiente.

 

Caius Lucilius com Gláucia Santiago
Assessoria de Imprensa do HC Unicamp

Share/Save