HC comemora 500 transplantes hepáticos

(24/11/2010)  Com o tema "A esperança de uma nova vida" o Hospital de Clínicas da Unicamp comemora nesta sexta-feira, 26 de novembro, no anfiteatro do HC, a marca de 500 transplantes hepáticos. Os procedimentos são realizados pela equipe da Disciplina de Gastrocirurgia da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp e, há três anos, a média é de 50 transplantes de fígado por ano, com sobrevida de 76%. O primeiro transplante hepático ocorreu em 1991 e, a cada etapa, houve um acréscimo na quantidade de cirurgias.

Atualmente, são realizados, em média, cinco transplantes de fígado por mês no HC, sendo que, a recuperação demora em torno de 60 dias. O índice de mortalidade é de 20% no primeiro ano do procedimento, porém há 130 pacientes do hospital que receberam órgãos transplantados há mais de cinco anos.

"Estar comemorando 500 transplantes hepáticos significa uma luta vencida diariamente por um equipe pequena, mas seleta e dedicada. Além disso, contamos com a colaboração da administração do hospital, que nos auxilia com os recursos e suporte necessários", afirma a coordenadora da Unidade de Transplantes Hepáticos do HC, professora Ilka Boin.

Além disso, a coordenadora ressalta para a principal dificuldade que a equipe encontra com relação a doação de órgãos. "Mesmo com um sistema muito efetivo, que se aprimora e proporciona bons resultados, ainda há necessidade de se trabalhar a aceitação e a importância de tal decisão com os familiares, pois a recusa ainda é o maior problema". Os procedimentos foram realizados exclusivamente pelo Sistema Único de Saúde - SUS.

 

Caius Lucilius
Assessoria de Imprensa do HC Unicamp

Share/Save