HC comemora Dia Mundial do Rim com orientações aos pacientes

(10/03/2010) O Centro Integrado de Nefrologia (CIN) do HC da Unicamp promoveu na última quinta-feira (11-03), uma série de atividades voltadas aos pacientes da Unidade e familiares. As ações aconteceram em comemoração ao Dia Internacional do Rim e teve o objetivo alertar a população para a importância da doença renal crônica como causa de morte e complicações. Com o tema “Saiba e Ensine”, profissionais do HC realizaram palestras para adultos e atividades lúdicas educativas com as crianças durante todo o dia. O CIN atende em média 1000 pacientes/mês, sendo 70% adultos e 30% pediátricos.

Para a professora Maria Almerinda Ribeiro Alves, organizadora do evento, o público alvo da campanha foram pessoas que sofrem de hipertensão e diabetes, já que esses grupos de pacientes são potenciais candidatos a desenvolverem uma doença renal crônica (DRC). “Nós resolvemos começar pelo o que era mais fácil para os nossos pacientes, orientando a alimentação", destacou Almerinda Alves, da disciplina de Nefrologia. O HC é o único hospital na região que oferece atendimento a todos os estágios de doenças renais, desde doença renal leve até os transplantes.

Também foram ministradas palestras, através da equipe de enfermagem da nefrologia sobre o funcionamento do rim e a equipe de nutricionistas do CIN ajudou nas dúvidas sobre alimentação. Além das palestras, as crianças também foram orientadas por meio de um show de mágicas com o professor Jamiro da Silva Wanderley, cardiologista e voluntário com brincadeiras lúdicas no HC.

No Brasil, a Campanha Previna-se busca a divulgação do problema junto à população, aos profissionais de saúde e às autoridades governamentais, ao mesmo tempo em que estimula os nefrologistas a fazerem mutirões para detecção da doença o mais cedo possível. O diagnóstico precoce pode ser feito com um simples exame de urina e uma dosagem de creatinina no sangue, que mede se o rim está ou não funcionando bem.

Em 2009, a disciplina de Nefrologia da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp comemorou os 25 anos de atividades do serviço de transplante renal. A Unicamp está entre os cinco serviços mais ativos do País e já superou a marca dos 1.700 procedimentos tanto em adultos como em crianças. O Centro Integrado de Nefrologia presta um cuidado completo ao paciente renal e seus familiares, dentro dos ambulatórios especializados que acompanham o paciente em todas as fases da doença renal crônica. O cuidado integral do paciente é realizado através de um programa educativo com uma equipe multidisciplinar. Entre as modalidades terapêuticas oferecidas estão: diálise peritoneal ambulatorial contínua (CAPD), diálise peritoneal automática (DPA), hemodiálise e o transplante renal.

Desde 2006, a Sociedade Internacional de Nefrologia comemora o Dia mundial do Rim. Dados do Ministério da Saúde apontam que mais de 60.000 brasileiros são portadores de doença renal crônica terminal e necessitam hoje de tratamento dialítico. Segundo estudos, as principais prevalências da doença renal crônica são pacientes idosos, hipertensos, diabéticos e com glomérulo nefrite. O link abaixo corresponde ao folder entregue aos pacientes no Centro de Nefrologia. Clique para obter as orientações de prevenção da DRC.

LINK DO FOLDER

 

Caius Lucilius com Yasmine Souza
Assessoria de Imprensa do HC Unicamp

Share/Save