Estado e Unicamp inauguram AME em Limeira

(19/02/2010) O Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Limeira, cuja administração cabe à Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da Unicamp, foi inaugurado na tarde desta quinta-feira (25/02), com a presença do governador José Serra, do secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas, do prefeito de Limeira, Silvio Felix da Silva, e do reitor Fernando Ferreira Costa. A unidade, que exigiu R$ 3,9 milhões em reformas prediais e compra de equipamentos, terá capacidade para realizar cerca de15 mil consultas ambulatoriais ao mês. O prédio foi construído pela prefeitura de Limeira e cedido a SES.

Com 21 especialidades médicas, como ortopedia, cardiologia, ginecologia e neurologia, entre outras, o AME atenderá a uma população estimada em 500 mil pessoas, de seis diferentes municípios (Araras, Conchal, Cordeirópolis, Engenheiro Coelho, Iracemápolis e Limeira). Este é o quarto AME entregue à população do Estado sob a responsabilidade da Universidade. Os outros são Santa Bárbara d’Oeste (AME Clínico e Cirúrgico), Piracicaba (AME Clínico e Cirúrgico) e Rio Claro. Ainda neste ano serão entregues os AMEs de Mogi Guaçu e Jundiaí, ambos sob os cuidados da Unicamp.

Durante a cerimônia de inauguração, José Serra destacou a importância das diversas parcerias firmadas entre o Estado e a Unicamp na área da saúde. De acordo com ele,a participação da Universidade nesse tipo de projeto é uma garantia de qualidade no atendimento aos pacientes. O governador destacou que o AME de Limeira qualificará o diagnóstico, o que acelerará o tratamento das enfermidades apresentadas pela população. Ainda segundo ele, a unidade exigirá investimentos da ordem de R$ 9 milhões ao ano em custeio. “Os moradores de Limeira e região estarão bem servidos em matéria de assistência à saúde”, afirmou. Na mesma linha, o prefeito de Limeira considerou que o AME completará “de forma importante a assistência básica na cidade”. Serra anunciou a implantação de novos AMEs no Estado, dois deles em Campinas.

Para o reitor da Unicamp, a participação da Universidade em iniciativas como o AME reafirma a vocação da instituição de colocar à disposição da sociedade o conhecimento e os quadros nela gerados. Fernando Costa reforçou o dado de que a unidade de Limeira qualificará o diagnóstico das doenças, o que deverá contribuir para a maior efetividade dos métodos terapêuticos. “Isso certamente trará mais tranquilidade aos moradores da região”, completou. De acordo com o diretor do AME de Limeira, professor Marcelo Ramos, a maioria dos médicos que atuarão na unidade é egressa dos programas de residência da Unicamp. Ele explicou que o AME contará com 170 profissionais, sendo 48 deles médicos.

Marcelo Ramos informou, ainda, que as 21 especialidades incluídas no “cardápio” do AME de Limeira foram definidas segundo pesquisa prévia realizada pela Secretária de Estado da Saúde, levando em consideração as principais demandas da região. “Aqui, nós contamos com modernos equipamentos e métodos de diagnóstico, em todas as especialidades contempladas. O AME Limeira também vai oferecer consultas com acupuntura, psicólogos e nutricionistas e, em especial, um programa de cuidado com o portador de diabetes”. Entre os exames estão teste ergométrico, eletroneuromiografia, eletroencefalografia, endoscopias digestivas, mamografia, biópsias, broncoscopia e urodinâmica.

O AME funcionará de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas.

Caius Lucilius com Manuel Alves Filho (texto), Antonio Scarpinetti (fotos) e Luís Paulo Silva (edição de imagens)
Assessoria de Imprensa HC Unicamp e ASCOM

Share/Save