HC dispõe de plano para possíveis casos de coronavírus

(23/01/2020) A superintendência do Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas - Unicamp, juntamente com a Seção de Epidemiologia Hospitalar informa que, diante dos casos de doença respiratória na China, causada pelo novo coronavírus (2019-nCoV), mantém um plano operacional para possíveis casos procedentes de áreas afetadas, que apresentarem alguns sintomas clínicos não confirmados. Até o momento, não há detecção de nenhum caso suspeito no país.
 
O HC da Unicamp é a unidade hospitalar na Região preparada para atuar, caso o Centro de Operações de Emergência (COE) do Ministério da Saúde e a Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde estabeleçam as medidas para receber casos suspeitos, como já ocorreu em anos anteriores com outras doenças infeciosas como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (Pneumonia Atípica/SARS), a Influenza Suína (Gripe suína), a Síndrome Respiratória do Médio Oriente (MERS) e o Ebola.
 
O HC da Unicamp mantém uma equipe multidisciplinar especializada, inclusive na área de emergência, equipamentos específicos de vestiário, exames laboratoriais e 18 leitos especiais (isolamento) sendo dois pediátricos de pressão negativa com filtro EPA para internação de pacientes com microorganismos de transmissão aérea.
 
O COE é composto por técnicos especializados em resposta às emergências de saúde pública. Além do Ministério da Saúde, compõe o grupo a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o Instituto Evandro Chagas (IEC), além de outros órgãos.
 
Saiba mais sobre o Coronavírus no Boletim Epidemiológico da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde aqui

Caius Lucilius 
Assessoria de Imprensa do HC Unicamp

Share/Save