Dia Mundial de Higiene das Mãos tem novidade neste ano

(03/05/2019) A edição deste ano da campanha do Dia Mundial de Higiene das Mãos, promovida todos os anos no dia 5 de maio pela Organização Mundial de Saúde (OMS), trouxe uma novidade para as ações relativas à data: Um vídeo educativo produzido por colaboradores do Hospital de Clínicas. A proposta foi da equipe da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) e o vídeo de 6 minutos "O HC em suas mãos” foi exibido nesta quinta-feira, em um evento no anfiteatro do HC.
 
A iniciativa surgiu visando elaborar um vídeo mais objetivo e mais criativo, que ao mesmo tempo, conseguisse informar sobre os cuidados especiais com as mãos no ambiente hospitalar e a correta higiene das mãos. O vídeo O HC em suas mãos” conta com montagem de quadrinhos, clipes e paródias, todas feitas por profissionais de diferentes setores do HC da Unicamp. Foram mais de 30 gravações realizadas com celulares, além das sugestões das trilhas e animações.
 
Luisa Moretti, jornalista da TV Unicamp, coordenou a edição e finalização do vídeo educativo. "É um tema de interesse público muito grande e cada vez mais presente em nosso dia a dia. Foi um prazer fazer parte disso, especialmente, ver os funcionários saírem da rotina e terem um engajamento com o projeto", conta.
 
Lavar as mãos corretamente é a maneira mais simples de evitar a transmissão de infecções relacionadas à assistência à saúde (IRAS). Esta prática de alcance universal da saúde é baseada nas melhores evidências e com impacto comprovado na qualidade do atendimento e segurança do paciente em todos os níveis do sistema de saúde.
 
Segundo a OMS, as infecções relacionadas à assistência à saúde afetam centenas de milhões de pacientes em todo o mundo e impactam significativamente os pacientes e sistemas de saúde. Em países desenvolvidos essas infecções representam cerca de 5% a 10% das internações hospitalares e em países em desenvolvimento pode acometer mais de 25% dos pacientes.
 
O OPAS e a OMS relembram os cinco momentos para higienizar as mãos, que são:
 
1. Antes de contato com um paciente;
2. Antes da realização de procedimentos assépticos;
3. Após risco de exposição a fluidos corporais;
4. Após contato com um paciente;
5. Após contato com as áreas próximas ao paciente.
 
Para assistir o vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=AFT4lAtieVo

Caius Lucilius com Nicole Almeida
Assessoria de Imprensa do HC Unicamp
 

Share/Save