IV Encontro de Ex-residentes em Reumato da Unicamp e PUCC

(18/02/2019) O IV Encontro de Ex-residentes em Reumatologia promovido pela Unicamp e pela PUC-Campinas nos dias 16 e 17 de fevereiro, destacou as atualizações nos diagnósticos e a discussão de grandes estudos nacionais e internacionais no tratamento das principais doenças reumatológicas. O evento, aconteceu no Quality Resort & Convention Center, em Itupeva, e reuniu cerca de 100 médicos formados pelas duas universidades e que atuam em todo país. Os docentes das duas instituições presidiram as mesas.

A programação científica foi voltada para palestras sobre artrite reumatoide, lúpus eritematoso sistêmico, espondiloartrites, osteoporose, vasculites, esclerose sistêmica e osteoartrite, grupo de doenças mais comuns na reumatologia. Houve ainda uma palestra exclusiva sobre infiltrações (corticosteróides) guiadas por ultrassonografia em bursites no quadril, joelho, calcanhar, ombro, cotovelo, palma da mão, túnel do carpo etc.

Existem cerca de 120 doenças reumatológicas que acometem o sistema músculo-esquelético, e todas apresentam manifestações como inflamações ou a degeneração de tecidos conjuntivos das articulações, dos músculos e de outros órgãos afetados. Doenças reumatológicas, em geral, apresentam dor constante e incapacidade física até em atos simples como se vestir ou tomar banho. Pode acontecer em qualquer idade, inclusive em crianças recém-nascidas.

Para o coordenador do evento e professor, Rubens Bonfiglioli da PUC-Campinas, as palestras foram de alto nível com casos práticos e referências de estudos internacionais, com destaque para a melhor eficácia e controle de doenças, das novas classes terapêuticas dos medicamentos imunobiológicos. “Tivemos bons debates em temas de elevado teor científico, apresentados pelos profissionais de cada área e mediados por docentes”, afirma Bonfiglioli.

Segundo Manoel Barros Bertolo, titular de reumatologia da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp, o encontro atingiu seu objetivo já que trouxe aos participantes as melhores estratégias na abordagem das doenças. "Aqui vimos como as novas técnicas para o diagnóstico e tratamento são tendências cada vez mais próximas da realidade dos hospitais brasileiros e a atualização científica e a troca de experiências durante o evento são fundamentais para alcançarmos esse patamar", salientou Bertolo, também coordenador do evento.

Para Flávio Fernandes Barboza, ex-residente da Unicamp e agora morando em Sinope, norte do Mato Grosso, o evento foi um sucesso. “O conteúdo das palestras foi enriquecedor. A programação científica buscou interessantes estudos de casos, diagnósticos e tratamentos de diferentes doenças. Cada vez que venho apreendo mais", diz Barboza.

A disciplina de reumatologia da FCM Unicamp possui quatro residentes todos os anos e a PUC-Campinas dois residentes. O IV Encontro de Ex-residentes em Reumatologia foi organizado pela Sociedade Paulista de Reumatologia com o apoio institucional das empresas Pfizer, Novartis, Janssen, Abbvie, UCB, Roche, Bristol-Myers Squibb, Lilly e AMGEN.

Caius Lucilius 
Assessoria de Imprensa do HC Unicamp

Share/Save