LPC recebe selo de acreditação PALC

(13/07/2018) O Laboratório de Patologia Clínica do HC recebeu nesta sexta-feira (13), a Certificação de Acreditação Laboratorial PALC (Programa de Acreditação de Laboratórios Clínicos) concedido pela Sociedade Brasileira de Patologia Clínica (SBPC/ML). Esta é primeira área do HC da Unicamp a receber uma chancela de Acreditação de Qualidade, que na prática, reconhece procedimentos padronizados de qualidade desde a coleta até a liberação de laudos.
 
De acordo com a Sociedade Brasileira de Patologia Clínica, em todo o país apenas oito laboratórios públicos detém Acreditação Laboratorial PALC e seis são laboratórios instalados em hospitais universitários como o HC. A entrega oficial do certificado acontecerá no anfiteatro do hospital e será realizada pelo presidente da SBPC/ML.
 
Além de requisitos de eficiência e precisão, o Certificação de Acreditação Laboratorial PALC também traz um sistema de avaliação e gestão de riscos à segurança do paciente. Em seu escopo a certificação auxilia a unidade a desenvolver estratégias de otimização de insumos e ganho de produtividade profissional.
 
Segundo a biomédica Ana Lúcia Roscani Calusni, assistente técnica da direção de Patologia Clínica, o selo de acreditação aprofunda o conhecimento dos procedimentos. “Com a avaliação, nós ampliamos nosso padrão de monitoramento das atividades laboratoriais do início ao fim, inclusive em outras áreas do hospital interligadas ao LPC, como as unidades de internação, UTIs, emergência etc”, esclarece Calusni.
 
O processo para a certificação com selo PALC começou no HC em 2014, quando foi possível atender as adequações necessárias nas diferentes áreas do laboratório através de uma auditoria. O plano de acreditação teve início em maio de 2017 e o parque tecnológico instalado foi decisivo para a conquista do selo PALC.
 
Ana Lúcia - à frente do processo desde o início - destaca ainda que a implantação do PALC exigiu mudanças nas padronizações técnicas, na rastreabilidade dos procedimentos pré-analíticos, analíticos e pós-analíticos. "Dessa forma os colaboradores puderam amadurecer o registro das não conformidades, possibilitando a investigação e a redução dos erros".
 
O professor Magnun Nueldo N. dos Santos, responsável pelo LPC, reafirma a importância da retaguarda que uma unidade laboratorial tem para um hospital do porte do HC, funcionando 24 horas e 365 dias. São áreas de hematologia, bioquímica clínica, microbiologia clínica, fisiologia clínica, imunologia, parasitologia clínica e líquidos biológicos. “Hoje temos um padrão rigoroso de qualidade. Ter um laboratório acreditado demonstra o compromisso com a qualidade do serviço prestado”, diz Santos.
 
Para Cristina Cobra Azevedo, Diretora Técnica de Serviço Pré e Pós Analítico, a acreditação é um compromisso com o resultado e a segurança do paciente. “Tem um grande significado a equipe trabalhar para o laboratório ser acreditado, além de ser um privilégio, já que o número de laboratórios com essa chancela de acreditação é muito restrito em hospitais públicos”, ressalta.

Caius Lucilius  com Beatriz Bittencourt
Assessoria de Imprensa do HC Unicamp 

Share/Save