Data Center ganha nova área moderna e com mais segurança

(20/06/2018) A Divisão de TI (DINF) do Hospital de Clínicas da Unicamp entrega hoje (21-06), uma importante obra para o novo Data Center (Central de Processamento de Dados) do hospital. A reforma foi necessária em função da realocação dos servidores do hospital em uma nova área totalmente customizada, com espaço padronizado e pisos elevados com maior resistência estrutural (foto). Esse tipo de piso é composto por placas modulares e pedestais de apoio para acomodar a instalação de cabos de rede, fibra óptica e fios elétricos, permitindo um ambiente planejado.
 
A customização do ambiente com 45 metros quadrados também abrigará a central de distribuição da rede, de onde parte toda a infraestrutura de rede do hospital, seja de dados de prontuários (AGHuSE), dados administrativos, internet, rede wifi ou exames de imagens (PACS). De acordo com o engenheiro Sérgio Lacerda o local em que o piso elevado está instalado, foi dimensionado para um Data Center de alta densidade e tem a capacidade de suportar uma carga mínima de 1.220,6033 Kgf/m² (12 KPA). Além disso, o ambiente recebeu um sistema de climatização exclusivo, acabamento anti-incêndio, rede elétrica de última geração com quadros de distribuição dedicados (foto).
 
O Diretor de Divisão de TI do HC da Unicamp, Edson Luiz Kitaka, destaca que esse planejamento de modernização do parque de TI da instituição vem sendo cumprido à risca pela superintendência. "O novo Data Center está montado em um ambiente organizado e seguro, seguindo padrões internacionais para conectividade de alta performance, bem como a integridade de equipamentos avaliados em milhões de reais", explica Kitaka. Meta defendida desde o início da gestão pelo coordenador de Administração, professor José Roberto Matos Souza.
 
Segundo Matos Souza o planejamento de modernizar a área de TI do hospital foi feito a partir de um mapeamento no primeiro ano da atual gestão. "A proposta foi viabilizada em cima de evidências de custos e resultados muito bem planejados mês a mês. Tudo saiu conforme nossa necessidade de soluções para hoje e para o futuro", reconhece Matos Souza. Para ele, esse Data Center é a materialidade dos projetos de quatro anos atrás, em que se buscou o que há de melhor em tecnologia e em equipamentos para a administração do hospital e para a assistência.
 
Avanços:
No ano de 2013, o HC duplicou o processamento dos servidores, com a aquisição de um servidor Blade junto com o storage - com capacidade de 100 terabytes para armazenamento de dados - concentram a maior capacidade de depósito de informações da Universidade em uma única unidade. Em 2015, DINF entregou toda a rede WIFI no hospital com mais de 60 antenas instaladas em todas as enfermarias, áreas administrativas, ambulatórios e centro cirúrgico.
 
Em 2016, foi a vez da entrada do serviço de Cloud Computing (Computação em Nuvem) com arquitetura SDN (Software Definied Networking). Em 2017, a Superintendência do HC entregou o AGHUse, em parceria com o Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA). O sistema traz aplicativos para a gestão dos hospitais universitários e prontuários eletrônicos com todo histórico médico, facilitando inclusive o registro dos processos administrativos. Ainda em 2017 ocorreu a migração dos dados de e-mails dos colaboradores para plataforma gmail.

Caius Lucilius  com Beatriz Bittencourt
Assessoria de Imprensa do HC Unicamp 

Share/Save