HC entrega nova área de Radiologia e angiógrafo biplano

(11/06/2018) O Hospital de Clínicas da Unicamp inaugurou oficialmente nesta segunda-feira (11-06), o novo Centro de Diagnósticos por Imagem e entregou o primeiro angiógrafo digital biplano instalado em um hospital público da América Latina. O Centro de Diagnósticos por Imagem com 417m², foi totalmente reformado priorizando a qualidade do atendimento. Os recursos para reforma foram da reitoria na gestão do professor Tadeu Jorge e totalizam R$ 1.475.909,03. Já a compra do angiógrafo foi de R$ 2,5 milhões assegurados pelo ex-governador Geraldo Alckmin.

O equipamento fornecerá diagnósticos ricos em detalhes e permitirá tratamentos minimamente invasivos (endovascular) com mais agilidade e precisão para as especialidades neurológicas, cardiovasculares e hepatológicas. O angiógrafo biplano vai ampliar em 50% a capacidade de produção do anterior, o que auxiliará no atendimento dos pacientes na fila de espera. Já o tempo dos tratamentos de terapêutica endovascular, como lesões de aneurisma, cairão 40% no tempo de realização.
 
A cerimônia de inauguração das novas instalações teve a participação do deputado federal Paulo Freire, do diretor executivo da Área da Saúde Manoel Bertolo, do diretor da FCM Ivan Toro, do professor Otavio Rizzi Coelho da reitoria, além do superintendente João Batista de Miranda, o coordenador de Assistência Antonio Gonçalves de Oliveira Filho e o coordenador de Administração José Roberto Matos Souza. O evento contou ainda com a presença de docentes, colaboradores, residentes e alunos da FCM.
 
Segundo o diretor da Divisão de Diagnósticos por Imagem do HC, Sergio San Juan Dertkigil, a nova área vai congregar não só a hemodinâmica, mas vai melhorar todo o fluxo de pacientes. “Na modernização da área, teremos uma ampla sala de espera climatizada, com capacidade para cerca de 100 pacientes, além de uma área específica de preparo e pós-exame. Vamos oferecer não só conforto, mas também a distribuição desses pacientes”, explica Dertkigil.
 
O professor José Roberto Matos de Souza disse: "Essa inauguração é muito importante e quero agradecer a engenharia e a todos colaboradores do setor que compreenderam a necessidade da readequação, mas principalmente a qualidade de atendimento muito melhor pata todos". Antonio Gonçalves de Oliveira Filho endossa e acrescenta "Está construindo um novo tipo de HC, é uma obra totalmente nova, de altíssima qualidade, é a qualidade que o HC merece, todas as pessoas que trabalham, que se dedicam a isso merecem", destacou o futuro superintendente.
 
Para o professor Otavio Rizzi Coelho o novo angiógrafo representa um passo gigante em qualidade assistencial. "Isso aqui representa um beneficio imenso para nossos pacientes que serão tratados com a mesma qualidade tecnológica que um paciente europeu e melhor, para aqueles que de fato não tem outra opção a não ser o SUS".
 
De acordo com o superintendente do HC, João Batista de Miranda, a reforma é uma das maiores realizadas no hospital nos últimos anos e foi planejada pensando nas próximas duas décadas. “Tanto a reforma, como os equipamentos, foram definidos para oferecer uma qualidade assistencial de primeiro mundo, já que para receber equipamentos desse porte, foi preciso uma intervenção completa da engenharia em infraestrutura, elétrica, hidráulica, esgoto. além da rede de gases medicinais, climatização e TI”, ressaltou Miranda.
 
O deputado Paulo Freire confirmou que continuará apoiando o HC na aquisição de equipamentos. "Me sinto privilegiado em poder participar do avanço tecnológico desse hospital e ser um dos colaboradores para os que mais precisem usufruam da melhor tecnologia existente e que também fortaleça a capacitação e o ensino de futuros médicos e profissionais da saúde", parabenizou o parlamentar. A nova área terá uma obra em uma sala para receber um novo angiógrafo GE Innova IGS 520 dedicado à cardiologia e adquirido com emenda parlamentar do deputado pelo valor de R$ 1.939.200,00. A entrega será no final do ano.
 
Ivan Toro reforçou o agradecimento aos parlamentares que aportaram recursos para o hospital. Para Toro, proporcionar um melhor conforto aos pacientes é fundamental para a formação de nossos alunos e residentes. "Temos muito orgulho de tudo isso, inclusive eu que serei um usuário do equipamento", brincou Toro, que acrescentou " Estive recentemente em uma reunião de diretores de faculdades de medicina da América Latina e pude ver o quão importante é o nosso hospital, pois nenhum deles possui uma unidade como a nossa", informou Toro.

Manoel Barros Bertolo encerrou a cerimônia representando o reitor da Unicamp, parabenizando a todos os envolvidos e destacando os investimentos feitos no hospital. "Esse investimento é assistencial, mas as reformas e o parque tecnológico significam também ensino e pesquisa. Estou orgulhoso em ver concretizado as ações que fizemos ao longo desses anos em Brasília e São Paulo. Nós queremos deixar o hospital com toda essa estrutura e vamos conseguir", assegurou Bertolo.
 
O angiógrafo digital biplano fornece exames com maior resolução de imagens em monitores HD, condição cada vez mais decisiva para diagnósticos e procedimentos. O equipamento vem com uma variedade considerável de ferramentas de controle de dose, que permite aos médicos minimizar a exposição à radiação, tanto para os pacientes, quanto para a equipe. Os níveis de dosagem de radiação podem ser acompanhados em tempo real no monitor digital da sala de exames. O exame permite detectar doenças como aneurismas, malformações arteriovenosas ou fístulas que serão tratadas através de cateteres, na maioria dos casos, via artéria femoral.
 
O novo aparelho substituirá um modelo obsoleto e desativado em 2014. O tubo de raio-x do antigo aparelho - com mais de 20 anos - quebrou e a fabricante não tem mais peças para o conserto, tornando a manutenção inviável. O equipamento, ainda inédito para pacientes do SUS, funciona com dois arcos simultaneamente, o que proporciona captar imagens em mais de uma posição, além de possuir um software de localização, que guia a escopia através da virilha até o local onde será feito o procedimento.
  
Para Leonardo de Deus Silva, médico responsável pelo serviço de neuroradiologia intervencionista do HC, o novo aparelho proporcionará mais agilidade e segurança nos procedimentos. “Por ser um equipamento de última tecnologia, podemos nos guiar pelas imagens altamente precisas para a realização de procedimentos delicados, porém, com doses muito menores de radiação e contraste. Seu software de reconstrução de imagens também proporciona resultados tridimensionais com expressivo grau de precisão anatômica”, explica.
 
A obra de reforma, readequações da indução e adequação da sala para instalação do angiógrafo levou 18 meses e foi supervisionado pelo arquiteto Eduardo Marotti Corradi da Divisão de Engenharia e Manutenção (DEM) do HC. Segundo ele, a melhoria vai abranger desde o atendimento aos pacientes na recepção até os exames para toda a área de diagnósticos por imagem, seja no angiógrafo, no cateterismo, na tomografia ou no raio-x.
 
"As melhorias são muitas, mas a nova área de preparo e pós anestesia merecem destaque com três leitos, rede de gases medicinais e cortinas de individualização”, salienta Corradi. As reformas já foram preparadas também para receber um novo equipamento de cateterismo cardíaco que será inaugurado em novembro de 2018, desta vez adquirido com emenda parlamentar do deputado federal Paulo Freire.
 
Caius Lucilius  com Beatriz Bittencourt
Assessoria de Imprensa do HC Unicamp 

Share/Save