NOTA OFICIAL - SUSPENSÃO DE CIRURGIAS ELETIVAS

(26/05/2018) A superintendência do Hospital de Clínicas, em reunião com equipes de plantão, decidiu suspender todas as internações e cirurgias eletivas a partir deste domingo (27/5). A decisão é em função da grave situação de abastecimento de insumos e de locomoção das pessoas, em decorrência do desabastecimento geral ocorrido em função da greve dos caminhoneiros em todo o Brasil.

Os procedimentos ambulatoriais agendados para segunda-feira (28-05) e demais dias da semana, somente serão realizados na medida da presença de pessoal e insumos disponíveis, como por exemplo, rouparia esterilizada para abastecimento que é um serviço terceirizado.

A direção do HC da Unicamp ressalta ainda, que as Unidades de Urgência Referenciada Adulto e Pediátrica estão lotadas e partir das 18 horas desde sábado (26-05) restringirão o atendimento aos casos de pacientes extremamente graves. O aviso foi para o SAMU, sistema de regulação de vagas do Estado (CROSS), sistema Águia de Resgate da Polícia Militar, corpo de bombeiros e unidades de resgate das rodovias que cortam a região. 

Segunda-feira (28-05) a superintendência do Hospital de Clínicas vai reavaliar as decisões conforme normalização dos problemas decorrentes da greve dos caminhoneiros.

Caius Lucilius  
Assessoria de Imprensa do HC Unicamp 
 

ATUALIZAÇÃO

(28/05/2018) A Superintendência do HC da Unicamp mantém todas as medidas anunciadas no último dia 26/5, em decorrência do desabastecimento geral ocorrido em função da greve dos caminhoneiros em todo o Brasil.

As consultas, cirurgias e procedimentos ambulatoriais e exames eletivos estão suspensos até o dia 30/05. As internações para cirurgias eletivas continuam suspensas.

Nesta segunda-feira, as consultas ambulatoriais tiveram uma queda média de 50%. O Centro Cirúrgico funcionou em esquema de atendimento para casos de urgência, inclusive suspendendo um transplante de fígado em função da limitação de bolsas de sangue. Já as Unidades de Urgência Referenciada Adulto e Pediátrica continuam lotadas e restringindo o atendimento aos casos de pacientes extremamente graves.

Caius Lucilius  
Assessoria de Imprensa do HC Unicamp 

ATUALIZAÇÃO

(29/05/2018) A Superintendência do HC da Unicamp mantém todas as medidas anunciadas no último dia 26/5, em decorrência do desabastecimento geral ocorrido em função da greve dos caminhoneiros em todo o Brasil, o HC estará priorizando o atendimento de urgência e emergência. As Unidades de Urgência Referenciada Adulto e Pediátrica continuam lotadas e restringindo o atendimento aos casos de pacientes extremamente graves.

Radioterapia, quimioterapia e infusão de imunobiológicos agendados serão realizados nesta quarta-feira (30/05). As internações para cirurgias eletivas continuam suspensas.

Quarta-feira (31-05) a superintendência do Hospital de Clínicas vai reavaliar as decisões para a próxima semana conforme normalização dos problemas decorrentes da greve dos caminhoneiros.

Caius Lucilius  
Assessoria de Imprensa do HC Unicamp 

ATUALIZAÇÃO

(30/05/2018) O Conselho Executivo de Administração do Hospital de Clínicas da Unicamp reunido nesta quarta-feira (30-05), em decorrência do desabastecimento geral ocorrido em função da greve dos caminhoneiros em todo o Brasil, decidiu manter o atendimento do hospital prioritariamente para os casos de urgência e emergência.
 
Os serviços de radioterapia, quimioterapia, hemodiálise e infusão de imunobiológicos agendados estão assegurados. As internações para cirurgias eletivas continuam suspensas. Na próxima segunda-feira (04-06) as medidas serão reavaliadas conforme a normalização do fornecimento de insumos.
 
O Conselho Executivo de Administração do HC é composto pelo superintendente e coordenadores do HC, diretor clínico do HC, diretor de Enfermagem do HC, diretor-associado da Faculdade de Ciências Médicas (FCM), chefes de departamento da FCM e chefes de disciplinas da FCM. 

NÃO TEREMOS MAIS ATUALIZAÇÕES ATÉ A PROXIMA REUNIÃO NA SEGUNDA-FEIRA, DIA 04 DE JUNHO

Caius Lucilius  
Assessoria de Imprensa do HC Unicamp 

ATUALIZAÇÃO

(04/06/2018) A Superintendência do HC da Unicamp suspendeu as medidas anunciadas no último dia 26/5, em decorrência do desabastecimento geral ocorrido em função da greve dos caminhoneiros em todo o Brasil.

Todos os serviços do hospital voltam a funcionar normalmente nesta terça-feira (05-06), inclusive as internações para as cirurgias eletivas começam hoje. A única exceção é que continua o atendimento prioritario para os casos graves nas Unidades de Urgência e Emergência Referenciada (UER) Adulto e Pediátrica.
 
Quase 100% dos insumos foram normalizados e os bancos de sangue voltaram aos estoques normais em decorrência da campanha de doação de sangue apoiada pela mídia em geral.

Caius Lucilius  
Assessoria de Imprensa do HC Unicamp 
 

Share/Save