Superintendência inaugura nova área de ecocardiografia

(02/05/2018) A superintendência do HC da Unicamp entregou hoje (02-05) as novas instalações da ecocardiografia que passou de 27m² para 38m² e duplicou de dois para quatro o número de leitos para exames individualizados por cortinas deslizantes. As obras contemplaram ainda, a instalação de uma rede gases medicinais com réguas individuais em todos os quatro leitos e pontos de rede para o AGHUse e PACS. O investimento foi de R$ 50.740,00.
 
A cerimônia de inauguração das novas instalações teve a participação do diretor da FCM Ivan Toro, do chefe da disciplina de cardiologia Andrei Carvalho Sposito e também do professor Otavio Rizzi Coelho da reitoria, além do superintendente João Batista de Miranda e o coordenador de assistência, José Roberto Matos Souza. O evento contou ainda com a presença de colaboradores, residentes e alunos da FCM e do HC.
 
Andrei Sposito abriu a cerimônia destacando a melhoria para a área e seus reflexos para os pacientes, a graduação e para os residentes. "Aqui não tem complexo de inferioridade, como ocorre Brasil afora em hospitais do SUS. Disputamos de igual para igual com as melhores instituições privadas, com infraestrutura, equipamentos e profissionais aqui presentes. Então, só tenho que agradecer à gestão”, enfatizou.
 
Para o coordenador de Administração e cardiologista, José Roberto Matos Souza, o principal resultado é para os pacientes, especialmente aqueles que chegavam em macas e precisavam aguardar nos corredores da área. "Agora, esses pacientes em especial, contam com todo suporte de cuidados necessários e humanizados no pré e pós exame. Não posso deixar de agradecer a todos que fizeram acontecer essa obra: Administração, Engenharia, TI e os colegas de disciplina".
 
Ao comentar sobre a reforma da área, o professor Otavio Rizzi Coelho, salientou a importância de uma gestão comprometida com equilíbrio financeiro e melhoria da assistência, especialmente em uma época de crise. " Mesmo em um período difícil, fica muito claro a marca dessa gestão no hospital, tanto pelo padrão das obras e quanto pela atenção aos pacientes. O HC conseguiu fazer o que tinha que fazer”, elogiou Coelho.
 
Em seu discurso, Miranda falou sobre o seus desafios assumidos há quatro anos e agora sendo concretizados. "Nós seguimos esses objetivos durante toda a gestão e a inauguração de hoje é o resultado de um esforço coletivo de várias áreas que se encontram representadas aqui", disse o superintendente. Miranda explicou que nesse ano ocorrerão pelo menos mais cinco entregas de novas áreas reformadas. “Tenho certeza de que esses investimentos em obras e equipamentos terão continuidade".
 
Ivan Toro considerou que a inauguração da nova área representa mais um passo para a qualificação do ensino na FCM.“Todos ganham com a nova área. Em nome da Faculdade de Ciências Médicas parabenizo à gestão do HC e a melhoria no ensino e na assistência de ponta. Parabéns à todos que irão trabalhar aqui”, comentou Toro.
 
De acordo com a responsável técnica pela obra, arquiteta Priscila Capuchinho, a área existia desde a inauguração do hospital e nunca havia sido reformada. Priscila explica que obras foram necessárias para melhorar o fluxo da equipe médica e dos pacientes, ampliar a capacidade de atendimento, bem como atender as normas da RDC. "Durante as obras ocorreram imprevistos como a troca de uma tubulação mestra da rede de esgoto que era de ferro fundido na área e foi substituída por uma de pvc", esclarece.
 
Entre os exames disponíveis estão de ecocardiograma com doppler colorido, ecocardiograma de estresse, ecocardiograma transesofágico entre outros. A reforma contemplou ainda uma porta de acesso com leitor de cartão, a substituição de todo a rede elétrica, instalação de luminárias de LED, troca do forro de gesso e instalação de piso vinílico. Uma pia para uso dos profissionais também foi montada no ambiente. No local são realizados por mês cerca de 1000 exames de em adultos e crianças, com suspeita ou doenças cardíacas.

Caius Lucilius  com Beatriz Bittencourt
Assessoria de Imprensa do HC Unicamp 

Share/Save