Superintendência entrega oficialmente novos ultrassons

(18/05/2016) A superintendência entregou oficialmente, nesta quarta-feira (18/5), os seis aparelhos de ultrassom para as áreas de radiologia, Unidade de Emergência Referenciada (UER) e procedimentos da cirurgia vascular. O HC é o único hospital da região à dispor desses modernos equipamentos. Os recursos de R$ 1.061.200,00 foram captados em 2013 através de emenda parlamentar do senador Eduardo Suplicy e de programa do Ministério da Saúde.
 
O Coordenador de Administração, professor José Roberto Matos Souza abriu a cerimônia elogiando a aquisição e brincando com os presentes. "Vocês vão pilotar verdadeiras ferraris e tirem todo proveito desta máquina para nosso paciente fechando o ciclo de investigação clínica no próprio aparelho", salientou. Os equipamentos da Toshiba, modelo Aplio 500, têm desempenho extraordinário em relação à precisão clínica com imagens mais nítidas, garantindo maior precisão de diagnóstico.
 
Para o diretor do serviço de Radiologia do HC, Sérgio San Juan Dertkigil, os novos ultrassons têm duas vantagens tecnológicas expressivas em relação aos anteriores: a possibilidade de fazer um exame chamado elastografia, para ver a dureza do tecido, e a viabilidade de fazer a utilização de contraste para ultrassom. "Não existe nada similar no mercado com essa tecnologia”, explica Dertkigil.
 
O médico Thiago Martins Santos da UER, representou o chefe da disciplina de Emergência da FCM, Marco Antonio de Carvalho Filho e agradeceu a atual gestão e a do Dr. Manoel Bertolo no esforço para a área de emergência com a compra do equipamento. "Esse equipamento representa uma nova ferramenta semiológica para os médicos, residentes e alunos atuarem no diagnóstico dos casos graves que chegam todos dias", comentou Santos.
 
Os novos ultrassons são habilitados para o processamento de imagens 3D e 4D, sendo possível observar com riqueza de detalhes internamente veias e artérias. As tecnologias avançadas, diz, permitem uma resolução especial, superior à imagem doopler colorida, para revelar vascularização em vasos de pequeno calibre e padrões de fluxo complexos com detalhes.
 
A professora Ana Terezinha Guillaumon enfatizou a qualidade do serviço oferecido pelo Hospital de Clínicas da Unicamp que ganha ainda mais com a nova tecnologia. "Como em todas especialidades que atuam no HC, aqui é o melhor lugar para ser atendido em traumas vasculares e as equipes são os diferenciais para atuar com esses aparelhos", destacou. Todos os ultrassons possuem monitores em LED 19’ totalmente articulados, consoles de operação e telas touch screen programáveis, bem como teclas multifuncionais.
 
O superintendente João Batista de Miranda traçou um rápido retrospecto sobre a captação dos recursos para essas aquisições e teceu elogias àqueles que ajudaram nestas conquistas: o ex-senador Eduardo Suplicy, o ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha e a secretária Executiva do Ministério, Márcia Amaral. "Entretanto, com todo esse cenário Brasil afora nos estamos fazendo a diferença em assistência pelo SUS, administrando os recursos sem comprometer o funcionamento do hospital e o grande diferencial é esse grupo técnico de colaboradores de 1ª linha. Sem vocês nossos desafios seriam muito maiores", assegurou Miranda.
 
A tecnologia de ponta dos ultrassons será de grande importância no diagnóstico dos pacientes do hospital. Os novos aparelhos possuem tecnologias que vão além da melhoria da qualidade de imagem dos exames tradicionais, permitindo ao médico classificar e diagnosticar mais doenças, como tumores pela elastografia, além da utilização de contraste para classificar as lesões com maior embasamento clínico. " Com tudo isso teremos inclusive a dispensação do uso da tomografia, que é um exame com altas doses de radiação”, conclui Dertkigil.

Caius Lucilius com Isabelle Mancini
Assessoria de Imprensa do HC Unicamp 

Share/Save