Oficina de dança ajuda pacientes com lesão medular

(16/11/2015) Durante a manhã de hoje, pacientes com diversas dificuldades motoras participaram de uma oficina de dança no Laboratório de Biomecânica e Reabilitação do Aparelho Locomotor do Hospital de Clínicas da Unicamp. Durante as músicas, foram estimulados movimentos abdominais, de mãos e de pernas.
 
O professor Alberto Cliquet Junior, coordenador do Laboratório de Biomecânica e Reabilitação do Aparelho Locomotor do HC, conta que qualquer atividade física auxilia no tratamento. “Os pacientes que possuem algum tipo de lesão medular ao realizar atividades aeróbicas e de coordenação motora tem avanços significativos nos movimentos de braços e pernas”, explica.
 
Caso da paciente do HC Sandra Maria Martins sofreu um infarto medular em 2012 e teve os movimentos da cintura para baixo paralisados. Ela conta que a dança tem auxiliado nos movimentos de braço e perna, além de se sentir mais motivada durante o dia a dia. “Fiquei acamada e andei de cadeira de rodas por quatro anos. Hoje ando com o andador e me sinto bem melhor. A dança me dá ânimo e me deixa mais disposta. Me movimento melhor”, conta Sandra Martins.
 
Participaram da oficina pacientes do ambulatório de neuroepilepsia, com Mal de Parkinson, de Acidente Vascular Cerebral (AVC) e com lesões medulares.

 

Caius Lucilius com Gabriela Troian

Assessoria de Imprensa do HC Unicamp

Share/Save