Otorrino recebe seis novos aparelhos para exames auditivos

(19/10/2015) O Ambulatório de Otorrino do Hospital de Clínicas da Unicamp adquiriu seis novos equipamentos para realização de exames auditivos, três audiômetros e outros três imitânciometros. Os aparelhos digitais e de primeira linha, além de realizarem exames de rotina que verificam o nível de audição do paciente, também fazem outros mais precisos por meio de alta-frequência, como por exemplo em bebês ou pessoas com o ouvido modificado.
 
Estes aparelhos foram comprados por meio de recursos do próprio hospital, com um total de investimento de R$ 125.430,00. Os audiômetros e imitanciômetros são da empresa brasileira Interacoustics, que desenvolve dispositivos para avaliação auditiva.
 
De acordo com a fonoaudióloga responsável pelo Ambulatório de Otorrino, Luciane Calango, estes novos aparelhos são de última geração e auxiliam os profissionais a realizarem uma gama maior de exames. “O audiômetro avalia a audição do paciente, o quanto ele escuta. Então são emitidas frequências diferentes para verificar qual é o mínimo que o paciente escuta".
 
Já o imitanciômetro avalia as condições do ouvido médio. Este novo equipamento é capaz de avaliar a mobilidade de membrana timpânica, e realizar o teste de função tubária, importante para uma situação pré-operatória. São equipamentos novos no mercado e que agora a gente tem possibilidade de fazer outros exames, como testes em alta-frequencias”, afirma.
 
Luciane Calango ressalta que estes aparelhos são utilizados por pacientes de todas as faixas etárias, e que um mesmo paciente repete diversas vezes o mesmo exame para avaliar as melhoras do tratamento.  “A intenção é determinar o ponto mais baixo que o paciente escuta e aí avaliar se tem um grau leve de perda auditiva, se é moderado ou profundo. Dependendo do grau da perda e do que ocasionou, ter utilizado um tratamento medicamentoso, cirúrgico ou uso do aparelho auditivo ou implante coclear. Para se verificar se o procedimento obteve sucesso, o paciente repete por diversas vezes o exame, até terminar o tratamento”, explica o processo.
 
Os seis aparelhos atenderão todos os pacientes do HC que necessitem de alguma avaliação auditiva, dos ambulatórios de otorrino e saúde auditiva, além de avaliar os pacientes que utilizam aparelhos auditivos ou implante coclear. Atualmente são realizados cerca de 90 exames auditivos semanais.

Caius Lucilius com Gabriela Troian

Assessoria de Imprensa do HC Unicamp

Share/Save