CCIH apresenta vídeo inglês sobre higienização das mãos

(09/06/2016) A Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) e o Serviço de Enfermagem em Educação Continuada (SEEC) do HC realizaram, no dia 04 de maio, a apresentação do vídeo “Higiene das Mãos”, em comemoração ao Dia Mundial da Higienização das Mãos, lembrado anualmente em 05 de maio. O evento teve apoio do Grupo Gestor de Benefícios Sociais (GGBS), que forneceu álcool para os participantes, além de lanches e kit para anotação.  
 
“As apresentações contaram com a participação de diversas áreas assistenciais do HC. O que chamou muita atenção foi que, durante a passagem do vídeo, todos os participantes prestaram atenção, este retorno foi muito importante”, lembra a enfermeira Renata Fagnani, da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar. Ao todo, foram realizadas seis sessões do vídeo, para aproximadamente 580 profissionais do hospital.
 
O filme exibido apresenta de forma didática o protocolo da Organização Mundial da Saúde sobre a assepsia das mãos. “Existe um problema mundial com relação à falta de higienização manual na assistência ao paciente hospitalizado. O vídeo mostra tecnicamente a importância da higiene das mãos e como realizar esse processo de uma maneira muito didática”, explica Renata. 
 
Segundo a Organização Mundial de Saúde, as mãos constituem a principal forma de acesso para a transmissão de microrganismos, portanto, a higiene correta é extremamente importante. “Ao mostrar o vídeo, nosso objetivo era ensinar a correção das técnicas de higienização das mãos, auxiliando a sanar as possíveis dúvidas dos funcionários”, conclui a enfermeira.  
 
Vídeo - Realizado pelo Serviço de Prevenção e Controle de Infecção dos Hospitais Universitários e da Faculdade de Medicina de Genebra, na Suíça, o vídeo clínico publicado no The New England Journal of Medicine tem o objetivo de informar aos profissionais da saúde as diversas indicações para a realização da higiene das mãos.  
 
As infecções associadas aos cuidados de saúde são o evento adverso mais frequente em doentes hospitalizados, por isso, a higiene das mãos é a medida preventiva mais importante para combater esse problema. A prática realiza-se por quatro motivos: Previne infecções nos doentes; evita a transmissão cruzada de microrganismos entre os doentes; veta a contaminação do ambiente hospitalar por potenciais patógenos e ajuda os profissionais de saúde a protegerem-se das doenças infecciosas ocupacionais.
 
O vídeo original encontra-se no site do The New England Journal of Medicine. A tradução foi realizada pela equipe do Programa de Prevenção e Controle de Infecção e Resistência aos Antimicrobianos (PPCIRA), do Ministério de Saúde de Portugal.
 
Caius Lucilius com Isabelle Mancini
Assessoria de Imprensa do HC Unicamp 
Share/Save