​Radiologia passa por reformas para receber novos aparelhos

(02/06/2016)  Uma das principais reformas em andamento no Hospital de Clínicas completa nesta semana, 90 dias. Trata-se da Área de Angiologia que vai receber dois novos angiógrafos - um para cateterismo - e contará com uma nova área de recepção e outras instalações. Os recursos são de 2013 e totalizam R$ 1.475.909,03 sendo 80% da reitoria da Unicamp e 20% do Hospital de Clínicas. As obras estarão concluídas em junho de 2017.
 
Segundo o arquiteto da Divisão de Engenharia e Manutenção (DEM) do HC, Eduardo Marotti Corradi, o principal objetivo da reforma é a readequação da sala de angiografia e das áreas de apoio para instalação dos novos angiógrafos adquirido pelo hospital com recursos da Secretaria de Estado da Saúde e de emenda parlamentar do deputado federal Paulo Freire, através do Ministério da Saúde. “O processo de reestruturação do setor vai melhorar o atendimento aos pacientes, desde a recepção até os exames".
 
“Por serem equipamentos modernos serão necessárias várias adequações físicas e elétricas nas áreas, bem como a melhoria das áreas de apoio, secretaria, recepção, espera dos pacientes, indução e recuperação pós-anestésica”, explica Corradi. Após a reforma, o total da área ficará com 417 m². A obra não afetará o atendimento, que foi remanejado para outro local e ocorre normalmente durante o período de reforma.
 
Radiologia – Ainda na Radiologia estão acontecendo obras para receber três novos aparelhos de Raio-X, previstos para serem entregues em agosto. Dois desses equipamentos são digitais e foram adquiridos através de convênio com o Ministério da Saúde, com verba de emenda parlamentar disponibilizada pela Deputada Federal Aline Corrêa, no valor total de R$ 473.200,00. 
 
O terceiro equipamento é equipamento convencional e foi comprado também através de convênio com Ministério da Saúde, com recursos destinados ao HC por emenda do Senador Eduardo Suplicy, no valor de R$ 120.000,00. Os três equipamentos que serão inaugurados no segundo semestre totalizam R$ 593.200,00.
 
A reforma das três salas de raio-x ocorrerá uma de cada vez. “A adequação das salas será completa, ou seja, estrutural, elétrica e de climatização”, salienta a arquiteta do DEM, Priscilla Hafner Vian Capuchinho, responsável pela obra. A previsão da entrega da última sala é agosto desde ano.
 
A reestruturação da primeira sala foi iniciada, e consiste na demolição e reconstrução de toda a área interna. “Na primeira sala, está sendo refeita toda a área de comando, com as dimensões adequadas. Também vamos trocar o piso da sala, modernizar o sistema de climatização, e instalar portas com proteção radiológica”, diz Priscilla.
 
Para as outras duas salas está prevista a adequação de piso, instalação de portas com proteção radiológica e modernização do sistema de climatização. Em ambas, a área de comando não será alterada.  Após a reforma, as salas continuarão com as mesmas dimensões.
 
A primeira sala, exclusiva para os pacientes da Unidade de Emergência Referenciada (UER), tem previsão de conclusão para junho. Após a finalização da primeira, será iniciada a reforma da segunda sala, e posteriormente a reforma da terceira.
 

Caius Lucilius com Isabelle Mancini
Assessoria de Imprensa do HC Unicamp 

Share/Save